O que é afinal ?

'Aquele toque que nunca tive
Aquele beijo que nunca exprimentei
Aqueles lábios que nunca provei
Aqueles olhos que nunca olhei
Aquele cabelo que nunca passei a mão
Aquele peito que nunca senti o coração
Aquela respiração que nunca me denunciou a palpitação
Aquele ofegar que nunca ouvi
Aquelas palavras que nunca as conheci
Aquele sorriso que nunca vi
Aqueles momentos que nunca partilhei
Aqueles minutos desejados
Aquelas horas amadas
Aqueles segundos marcados
É tudo apenas agora
Estendido naquela parte da memória:
" Como será? "
"Como a ter?"
" Como tentar?"
"Como amar?"

Saudade é sentir falta do que já se teve
E a ti, nunca tive por completo
É a ti que mais sinto falta
Amor? Amor é pedaço de dor

Pedaços de mágoas
Vindas com tristeza
Lágrimas e sangue de alma
Amor? É algo que se diz, sente-se
Mas não se demonstra totalmente
Amor? Amor é ver qualidades apenas,
Pois os defeitos desvanecem
Amor? É aquele sentimento que se
Sonha perante a vida inteira
E só se prova um pedaço
Amor? Amor é tudo e no entanto não é nada
Amor? Amor é aquela espuma
Que une a areia ao mar
Tão pequena e essencial, simplesmente
Porque lhe dá beleza
Amor? Amor de verdadeiramente amar
Luta-se, sangue, lágrimas e suor
Luta-se incondicionalmente
Seja ele ou não correspondido
Amor? Amor é um desespero por alguém
Que não se lembra ao mesmo tempo que nós
Amor? Amor é aguentar tempestades marés,
à frente, lados ou rés
Sabendo que se vai encontrar tesouro
Amor é hoje, incerteza de amanhã,
Para além de esperança, maior que a fé,
É um nada que faz tudo! '

3 Comments:

  1. AnadoCastelo said...
    E não é que ela me saiu poeta? E até escreve umas coisas bem giras, tomara eu versejar tão bem.
    Jokinhas minha sonhadora adorada
    L. Malloy said...
    De volta, se não me engano.

    L
    Anónimo said...

Post a Comment



Mensagem antiga Página inicial